Luiz Carlos Prates diz que concurso público é para quem não se garante. O que você acha disso?


No vídeo, o jornalista Luiz Carlos Prates diz que concurso público é para quem tem medo, que só exige memória e que as pessoas que fazem concurso público são pessoas sem paixão e nem personalidade. Finaliza dizendo que os concursandos só estão em busca de um empreguinho público que só o dá é o dinheiro garantido no final do mês. E você, o que acha disso?

14 comentários:

  1. Não sei dá onde esse senhor tirou essa ideia, que emprego público só exige memória ...No que eu, no meu humilde conhecimento de concurso público, sei é que o candidato a uma vaga para um cargo público tem que realizar uma prova, em alguns casos não só uma mais varias, e para se dar bem nesse processo seletivo é preciso ter competência e personalidade. Além disso a cargos públicos que são para pessoas vocacionadas, ou seja, que tem paixão pelo cargo. Eu sempre admirei os comentários do senhor Luiz Carlos, mas dessa vez falou muitas besteira!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A personalidade que ele quer dizer é aquela do filhinho mimado de papai que tem tudo não desde que vem ao mundo e que quando se forma na faculdade já cai direto no colo do patrâozinho indicado. Obviamente, para ter personalidade, nesse país de merda, vc tem que ter Q.I.. Não é quociente de Inteligência não. É QUEM INDICA

      Excluir
    2. Falowwww. Quem quer uma pessoa de 35 / 45 anos pra trabalhar? Esse cara deve ir pra merda.

      Excluir
  2. Não sabe o que diz.. Lamentável! Um insulto aos nossos Policiais, Juizes, Promotores e muitos outros cargos importantes para a nossa sociedade, que não exige somente memoria não, e sim cursos superiores, Muita dedicação e estudo.

    ResponderExcluir
  3. Sou funcionário público. E admiro vários comentários do Sr. Luis Carlos com temas polêmico no que tange a política social no país. Porém, têm assuntos que eu mesmo sou leigo e me abstenho a falar. E este é o seu caso. Você está tocando num assunto muito mais complexo, porque o próprio governo municipal, estadual e federal não dão o valor adequado a sociedade com uma estrutura para os profissionais públicos. Isso é a prova do desconhecimento de causa, e como qualquer área na vida existem os bons e os maus profissionais. Foi generalista no seu comentário que vale, nesta situação, meu desprezo.

    http://gestorcritico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não deveria ser. Mas hoje em dias as pessoas pensam em passar em concurso público para se ter estabilidade, no pensamento de que quanto chegarem lá terão diversas regalias e ninguém poderá os mandar embora. Infelizmente é assim. Esse é um dos grandes motivos para o nosso sistema público ser um lixo e quase nada funcionar. Começa pela mentalidade culturalmente adquirida dos próprios funcionários e dos candidatos que ainda nem entraram. Com certeza, se o funcionalismo público fosse sério e levasse em conta os funcionários assim como uma empresa privada, sem regalias e buscando resultados sempre melhores, o Brasil seria muito melhor.

    ResponderExcluir
  5. Ele tá falando essa merda porque agora o mercado está aquecido e precisando de jovens. Queria ver ele falar isso há dez anos atrás.

    ResponderExcluir
  6. NEM PERCO MEU TEMPO ANALISANDO O Q ESSE SUJEITO DIZ, UM ABRAÇO À TDS E AH EU SOU FUNCIONÁRIO PUBLICO (ECT) COM MUITO ORGULHO OK SÓ PRA CONSTAR.

    ResponderExcluir
  7. O pior é que ninguem aceita critica! O que esse senhor disse foi a verdade para quem faz concurso só para ter a estabilidade. Ele disse.. Faça por paixão... Ou seja... Se você que ser um servidor publico por paixão e vocação, tudo bem. Mas se você vai ser servidor publico apenas pelo dinheiro e pela estabilidade ai ferrou. Pois vc vai ser um pessimo funcionario, e alem de ser infeliz. Mas como aqui só queremos ouvir coisas boas.. Façam seu concurso publico. Se forme em engenharia e vá ser auditor fiscal, se forme em medicina e vá ser auxiliar administrativo. Coisas de brasil.

    ResponderExcluir
  8. uma pessoa que termina uma faculdade, por exemplo, de administrador de empresas e que não tem um "PADRINHO" será raramente um administrador de empresa.. pode até trabalhar em outros funções até ligadas.. agora cargo de nível superior em empresa privada de administrador de empresa, tirando raras exceções, sem ter padrinhos ( pai o dono da empresa) rsrs.. não conseguirá nunca na vida ser um administrador, isso, porque há muita indicação, e muitos que tem potencial ainda maior que donos de empresa, não consegue o tão sonhado cargo, e fica pulando e galho em galho, mas para área de formação (superior) que é bom nada...
    A única forma justa, sem apadrinhamento de conseguir trabalhar em qualquer área de formação técnica ou superior e ultrapassar a barreia da idade e ainda trabalhar na área é fazer concurso público.....
    Senhor Luiz Carlos Prates... pode até ser que a grande maioria dos concursados recebam salários baixo, mas uma coisa é certa.. os altos salários superam em muito os salários das empresas privadas....

    Para não dizer que puxo sardinha para os concursados.. a melhor coisa do mundo é ter um salário alto CONCURSADO acima de 15 mil.. e trabalhar na iniciativa privada também, porque aí o cargo público tá garantido e o privado pode ficar mudando, trocando, experimentando sempre os melhores.... é assim que pessoas inteligentes fazem

    ResponderExcluir
  9. Na verdade é que grande parte dos "concursandos" ou "concursados" não têm a paixão pelo serviço que estão ou irão prestar, mas somente o interesse privado: seu sustento!!! É uma pena a máquina estatal estar servindo para satisfazer meros interesses privados. De fato, ganha quem é funcionário público. No entanto, o ideal de Estado, bem comum, política, está relegado a UTOPIA. Em suma, este debate entre trabalho público e trabalho na iniciativa privada visa somente sustentar a exclusão social, a barganha, corrupção e o desinteresse pela coisa política.

    ResponderExcluir
  10. Pessoal, respeito os concursados, pois, cada um tem o seu valor e também respeito o servidor de mepresas privadas, mas, algo verdadeiro é que as condições de serviço disponibilizadas pelo governo federal, estadual e municipal estão bem aquém de ser de qualidade. Reflitam: Como você é atendido pelo SUS?
    Como você é atendido nos bancos estatais? Como você é atendido na Previdencia Privada, Prefeituras, Receita Federal, entre outros? Em contra partida, continuem refletindo: Como você é atendido numa loja? Como você é atendido no ambiente privado, por uma empresa de produtos / serviços? Como você recebe atendimento no pós venda? Enfim, a situação é caotica pela imposição dos proprios governantes que não baixam as altas tarifações, tributos e não distribuem honestamente a riqueza gerada pelo Brasil, onde consequentemente todos pagam por um erro que se origina de sua própria liderança. Talvez, o que motivou o jornalista Prates foi a analise holistica desse cenário que em ultima estancia o valor mais caro fica para os empreendedores e servidores do meio privado. Creio, que relativamente existem erros e acertos para amabos os lados, mas a dignidade do bom (DO BOM) servidor público ou privado não deve ser contestada.

    ResponderExcluir
  11. Para trabalhar na Policia Federal, Receita Federal "basta ter memoria ..."?

    Nunca vi ninguém cagar tanto pela boca .....

    ResponderExcluir