Os 10 alimentos mais perigosos para as crianças - Revista Crescer


A revista Crescer convidou a Sociedade Brasileira de Pediatria a elencar os 10 alimentos mais perigosos para as crianças. Quer conferir nosso top 10? Segue a lista dos alimentos. Aqui um resumo da matéria. Veja também a matéria completa na revista.

A ideia não é radicalizar e não deixar com que as crianças consumam, mas ficar de olho.



1- Amendoim:  o perigo não é comer e sim aspirar um amendoim. Além disso, o amendoim possui muita gordura saturada, podendo trazer problemas como a hipertensão.

2- Azeitonas e caroços: aqui a chance é morder o caroço e quebrarem ou lascarem um dente . Frutas com caroço, como a ameixa,  também pode ser problemas. 

3- Balas: é difícil afastá-las das crianças, mas o açúcar provoca cárie, bala dura pode quebrar um dente, além do que elas não possuem nenhum valor nutricional.

4- Bolachas e salgadinhos: gordura, açúcar e sal. É o que eles oferecem e resultam em obesidade, hipertensão e colesterol.

5- Fígado e outras vísceras: certamente não é a preferência das crianças. É um o órgão responsável por eliminar toxinas do corpo, contendo substâncias estranhas ao organismo da criança. Por outro lado é uma das carnes mais ricas em ferro.

6- Mel: não deve ser dado a crianças antes de um ou dois anos de idade, pois pode causar botulismo.

7- Ovo mal cozido: a salmonela pode ser o risco, causando dores de barriga, diarreia e febre. 

8- Peixes com espinhos: este perigo todos conhecem. Crianças que já comem sozinhas, precisam ter atenção redobrada.

9- Pipoca: aqui temos o risco de engasgar. Devem ser consumidas apenas acima de 4 anos.

10- Refrigerantes: obesidade, cáries, osteoporose quando mais velha. Nada de bom se aproveita deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário